quarta-feira, novembro 01, 2006

Renascer

O dia esgotava-se nas águas calmas da marina.

Despidos, os veleiros, rabujavam verdetes de quilha, esponjosos, pelos cabos dos mastros.

-Como é renascer? Tu deves saber...conta-me!-pediu a mulher à minha frente, sorrindo.

Fogem-me os olhos para o farol, mãos cruzadas sobre a mesa.

Sorrio também, perante a ausência de palavras.

Já era noite quando as palavras se soltaram.

Renascer é sentir que não existe qualquer nó cego que nos prenda ao chão.

É levarmos connosco os nós, os laços, a terra...

Renascer...é abandonar o vaso que nos limitava a razão.

40 Comments:

Blogger Um Poema said...

Belo, este teu "Renascer".
Um abraço

quarta-feira, novembro 01, 2006 7:16:00 da tarde  
Blogger Vanda Baltazar said...

Ai esse nó :) ai esse nó :)


eStou a precisar de renascer :))

Será que no céu marcam data?
Terão horas livres na agenda? :)

Obrigada companheira :)

Adorei :)

Mil beijos

Van

quarta-feira, novembro 01, 2006 7:31:00 da tarde  
Blogger inBluesY said...

gostei do 'vaso', gostei :)

quinta-feira, novembro 02, 2006 2:27:00 da tarde  
Blogger Arion said...

Gosto de me obrigar a renascer. Mas renascer todos os dias cansa. Fantástico, o desenho! Adorei! Parabéns!

quinta-feira, novembro 02, 2006 7:37:00 da tarde  
Blogger Isa&Luis said...

Olá,

Lindo, lindo!

"Voar.... Passamos uma vida presos, qual pássaros em suas gaiolas! Medo de amar, de olhar a vida de frente... E naquele pequeno espaço, cantamos nossas dores e sonhos!"

É hora de renascer!

Beijinhos

Isa

quinta-feira, novembro 02, 2006 8:30:00 da tarde  
Blogger Luiz Carlos Reis said...

Primoroso: Texto e Ilustração!
Abraços!

sexta-feira, novembro 03, 2006 2:00:00 da tarde  
Blogger A.J.Faria said...

Renascer, possivelmente, será aprender com as contrariedades que nos surgem, de modo a compreendermos melhor a vida que vivemos.

Abraço

domingo, novembro 05, 2006 9:49:00 da manhã  
Blogger as velas ardem ate ao fim said...

Lapis,

Lindo...é abandonar o vaso, deixar as raizes irem mais longe...germinarem por ai....

Bjinhos

domingo, novembro 05, 2006 10:46:00 da tarde  
Blogger Frioleiras said...

Renascer é ...
NÃO OLHAR PARA TRÁS ...

segunda-feira, novembro 06, 2006 10:30:00 da tarde  
Blogger Seila said...

desenhos e letras e voltarei com tempo que fiquei com águinha na boca

terça-feira, novembro 07, 2006 1:26:00 da manhã  
Blogger Maria Papoila said...

Renascer, é encontrar um nova vida quando nos sentimos mortos;

Renascer, é reconhecer e reencontrar a magia das coisas que vemos todos os dias;

Renascer, é ser capaz de cheirar a vida, é ser capaz de gritar alegria, é sentir a força de viver cada segundo;

Renascer...é não impor limites, à razão se Ser quem Sou e de quem vejo;

Renascer é a incogniscivel razão para crescer!

quarta-feira, novembro 08, 2006 4:33:00 da tarde  
Blogger pintoribeiro said...

Excelente, mesmo. Boa noite.

domingo, novembro 12, 2006 9:59:00 da tarde  
Blogger Luigi said...

renascer implica o cansaço daobediência perante a razão cega. Renascer é navegarmos para lá do horizonte sem nenhuma âncora que interrompa o nosso rumo

baci per te

quarta-feira, novembro 15, 2006 7:13:00 da tarde  
Blogger P. Guerreiro said...

Muitas vezes o problema está no vaso, pequeno quando crescemos e precisamos de mais, nova terra, novo vaso, situações em que corremos o risco de murchar.
Gostei muito...Gosto muito da vossa parceria.

terça-feira, novembro 21, 2006 1:51:00 da tarde  
Blogger .*.Magia.*. said...

A ilustração está divina...as letras fazem a conjugação perfeita!

"Renascer...é abandonar o vaso que nos limitava a razão."

E quantas vezes o vaso já não é vaso, e sim terra dura, conquistada pela seca que atrofia o coração? Será que se consegue renascer? Ou serão apenas as sementes a esperança do desatar do nó?
Eu não sei responder...!

Cheers

terça-feira, novembro 21, 2006 10:15:00 da tarde  
Blogger Frioleiras said...

Os desenhos são mágicos, inteligen tes e duma grande, mt grd sensibilidade... gosto sp de passar por aqui.....

quarta-feira, novembro 22, 2006 12:05:00 da manhã  
Blogger copa-rota said...

Um feliz Natal e um belíssimo renascimento para 2007 é que eu desejo para o LÁPIS....


Um grande bem-haja para as duas artistas...

;-)

sexta-feira, dezembro 22, 2006 6:23:00 da tarde  
Blogger PiresF said...

Que o verdadeiro espírito de Natal, nesta época de partilha de coisas boas, prevaleça com infatigável desejo na nossa amizade e, num golpe de gesto redondo repleto de magia, deixo-te um cabaz de aromas, esperança, felicidade e um voto para que sempre o amor te inunde com a sua companhia.

Boas Festas!

PiresF

sábado, dezembro 23, 2006 6:25:00 da tarde  
Blogger as velas ardem ate ao fim said...

Recusemos a ideia do Pai Natal em que os desejos caem do Céu.

Ousemos acreditar no Pai Natal como ideia de esperança e confiança sem limites.


Feliz Natal.

domingo, dezembro 24, 2006 2:59:00 da tarde  
Blogger Luigi said...

Se hoje veres um velho barbudo de vermelho a descer a chaminé... já sabes pró ano bebe menos! Um Natal e Ano Novo com tudo o que te faz Feliz!

domingo, dezembro 24, 2006 7:19:00 da tarde  
Blogger Isa&Luis said...

Olá meninas,

Passei para vos desejar umas boas festas!

Beijinhos´

Isa

terça-feira, dezembro 26, 2006 7:48:00 da tarde  
Blogger Carla said...

"Preconizas velas, solicitas braços,
Destas a estes, um igual vento te diz,
Mares a navegar, portos descalços,
O que lá deixares ser-te-à por raiz.

Cordames e mastros, panos crassos,
Volteiam, o que souberes pôr no giz,
Sonho, saudade dos amplos espaços,
Volverá realidade em ti, e és feliz

Acácias madrugadoras, no vermelho
Do céu põem suas pétalas, carmesim...
O cheiro a terra, cheirando a velho,

É mais do que saudade, ou raiz,
É uma esperança solta que vive em ti

quarta-feira, janeiro 10, 2007 7:01:00 da tarde  
Blogger Naty said...

Olá passei li e gostei.Parabens
aproveito para vos desejar uma boa Pascoa.
bjs naty

quarta-feira, abril 04, 2007 5:17:00 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Passei por aqui para matar saudades...lembrar como era, como foi, como um dia...quem sabe?...poderá voltar a ser...olhando os desenhos, sorrio, como sempre embevecida :) sentindo as palavras, sorrio também :) a essencia nunca se perde, por muito tempo que passe :)

Van

quarta-feira, maio 16, 2007 10:27:00 da manhã  
Blogger José Manuel Dias said...

Olá!

Desaparecid do mundo da blogosfera?! Isso faz-se?
Abraço

segunda-feira, agosto 13, 2007 8:07:00 da manhã  
Blogger O Profeta said...

Os pesares dividem as marés
A idade do ouro ainda tarda
Os anos passam como gotas varridas
Por um tempo que retrata o nada


Convido-te a saborear um absinto no meu espaço
pela Taça de Fino Ouro



Mágico beijo

sexta-feira, fevereiro 01, 2008 12:49:00 da manhã  
Blogger Luiz Guilherme said...

Um renascer mai vivo do q esse.....

http://lg7fortalezace.blogspot.com/

Tks

Luiz Guilherme By Lg7

quarta-feira, março 05, 2008 9:24:00 da tarde  
Blogger tufa tau said...

enquanto havia luz a minha voz escondeu-se do sol
os meus olhos falaram por mim aos veleiros do cais
suplicando a partida para tornar a nascer
sempre adiada no tempo para um nunca mais
e os barcos esperaram a noite para mo ouvir dizer

quarta-feira, março 05, 2008 9:48:00 da tarde  
Blogger Cadinho RoCo said...

Renascer, sempre.
Cadinho RoCo

quinta-feira, março 13, 2008 7:30:00 da tarde  
Blogger O renascer da Fenix said...

Venho retribuir a tua visita... olha e renascer... é a palavra preferida do Fénix...

Uma Grande Chama para ti... beijos

sexta-feira, março 14, 2008 4:10:00 da tarde  
Blogger tufa tau said...

o teu lápis devia voltar a ser alado

sexta-feira, março 14, 2008 10:37:00 da tarde  
Blogger Luis Eme said...

Gostei muito das "asas do vosso lápis"...

prometo voltar com mais tempo...

segunda-feira, março 17, 2008 3:46:00 da tarde  
Blogger notyet said...

Pintas as palavras.
Estas são de 2006. Continua.

segunda-feira, março 17, 2008 5:24:00 da tarde  
Blogger notyet said...

Pintas as palavras.
Estas são de 2006. Continua.

segunda-feira, março 17, 2008 5:24:00 da tarde  
Blogger Vieira Calado said...

Da 1ª vez que cá venho, creio, encontro este belo poema.
Cumprimentos

segunda-feira, março 17, 2008 7:11:00 da tarde  
Blogger Bichodeconta said...

Lindo, deixa-me com vontade de voltar, até lá deixo um abraço e o desejo de boa semana.. Um beijinho, ell

domingo, março 23, 2008 8:44:00 da tarde  
Blogger Su said...

re---------------nascer

jocas maradas..sempre

sábado, abril 05, 2008 12:58:00 da manhã  
Blogger Sandra Fonseca said...

Renascer é preciso todo dia. Adorei seu blog.
Um abraço.

domingo, abril 13, 2008 3:36:00 da tarde  
Blogger Xinha said...

Renascer... é como recomeçar.
O nosso dia-a-dia é um pouco isso...
Podemos sempre renascer e aproveitar cada nova dia para fazermos as coisas melhores ...

Linda conjugação dos textos com as imagens!

Xi-coração

sexta-feira, junho 06, 2008 2:33:00 da tarde  
Blogger f@ said...

Presos com as palavras soltas e o gesto tudo aqui no que dizes neste poema....
assim nunca é tarde para a liberdade ....
beijinhos das nuvens

domingo, julho 20, 2008 11:05:00 da manhã  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home